Tatuagens minimalistas

Minimalismo s.m.: tendência para simplificação e redução dos elementos constitutivos de (algo); princípio de reduzir ao mínimo o emprego de elementos ou recursos.”

A palavra minimalismo refere-se a uma série de movimentos artísticos, culturais e cienficos que possuem como característica o uso de pouco elementos e recursos. O minimalismo exerceu grande influência em vários campos como arte, música, literatura e estilo de vida.

Se tatuagem é uma forma de arte logo o “estilo minimalista” também está presente nas agulhadas certo? Certíssimo! Geralmente são feitas somente com contorno preto e branco mas também pode ser colorido e quando pintadas não possuem muitos detalhes, como por exemplo, sombreamento.

Tatuagens minimalistas exalam significados, são ideais para pessoas discretas e para você que trabalha em uma empresa/área muito conservadora. Enfim, Inspire-se:

tatuagens-minismalistas-maca-cachorro-elefante

tatuagem-minimalista-barco-tipografia-mapa

tatuagem-minimalista-gelo-pena-raposa

Gostam das tatuagens minimalistas?

Uma crítica à ditadura da beleza

Não, este não é um post feminista, mas venhamos e convenhamos as mulheres ainda sofrem com os padrões impostos pela sociedade. Como se não bastasse os culturais e sociais o sexo feminino também deve se enquadrar na ditadura dos padrões de beleza, que determinam principalmente qual deve ser seu tipo físico para ser considerada uma mulher bonita.

Elas são diariamente bombardeadas com revistas de “saúde e beleza” que estampam em suas capas “Saiba como perder 5 quilos em 3 dias” ou “Siga a nova dieta de Kate Middleton”, panfletos que indicam lojas de produtos naturais com deliciosos shakes e chás que te ajudam a emagrecer, e-mails de sites de compras coletivas com ofertas de tratamento contra celulites e massagens redutoras de medida e nos outdoors modelos esqueléticas que elas deveriam cobiçar.

Com todas essas imposições disfarçadas de dicas, cada vez mais mulheres sentem-se frustradas com o que vêem no espelho, afinal elas devem ser magras e saradas, sem estrias ou celulites. E se o manequim é 44, você não é boa para a sociedade!

Uma parcela do universo já compreendeu que mulher nenhuma precisa se enquadrar em droga de padrão nenhum para ser feliz. Foda-se o que vão achar se você usa aquela calça legging mesmo tendo umas celulites, desde que você se sinta bem.

Inspirados no drama que as mulheres vivenciam muitos fotógrafos resolvem retratar mulheres em seu estado natural e você vai se surpreender com a beleza que mulheres, em fotografias sem nenhuma intervenção de programas de edição de imagens, possuem:

Projeto: Apartamento 302

O projeto intitulado “Apartamento 302” foi desenvolvido pelo fotografo Jorge Bispo, as fotografias em preto e branco são de mulheres que não possuem qualquer experiência como modelo. O objetivo foi mostrar que há muita beleza fora dos padrões ditados pela mídia.

 

 

 

O meu objetivo, como uma mulher comum, que não se encaixa nos padrões de beleza, ao escrever esse post foi o de demonstrar para as mulheres, anonimas e tão comuns quanto eu, que somos belas! Repletas de detalhes únicos, que nos torna quem somos.

A sociedade venera mulher magras, com barriga negativa e thigh gap (a nova moda que determina que suas coxas em hipótese alguma devem “encostar uma na outra”) mas vocês, que não são magérrimas, já pararam para pensar como é a vida de um mulher desse biotipo? Eu posso lhes contar: dificuldades para encontrar roupas (calça então, quase impossível. Faça um teste, quantas calças tamanho 34 você consegue encontrar em uma loja?), dificuldades para comprar roupa intima (se você possuí seios pequenos como eu) e por último, mas não menos importante, brincadeiras de mau gosto. Ao mesmo tempo em que existem pessoas que acham lindo mulheres com ossinhos proeminentes outros acham feio. E as pessoas que não acham bonito vão fazer tanta questão, ou até mais, de expressar opinião quanto as que acham bonito.

Algumas magras de mais, outras um pouco gordinhas, algumas muito altas, outras muito baixas, com seios pequenos, seios muito grande, com pouco bum bum, com muito bum bum. Somos todas belas, naturalmente belas. O segredo é amarmos o que somos, nos admirarmos para então sermos amadas e admiradas. Só mude caso seja uma mudança de dentro pra fora, algo que você deseja, algo que te fará sentir bem.

* Para ver todas as fotos do ensaio clique aqui.